11 de nov de 2010

Entrevista com o Pastor Juarez de Borba

O Pastor Juarez de Borba nasceu em 17 de maio de 1958 na cidade de Salgado Filho (Paraná), aos 19 anos mudou-se para a cidade de Salto de Lontra (Paraná) onde aceitou Jesus Cristo como seu salvador. Desde já, começou a praticar a obediência a palavra de Deus, foi quando o Senhor começou a ministrar na sua vida um projeto, um propósito, um chamado ao campo missionário. Dedicou a juventude para o Senhor, até se casar com Marinês, que passou a ser sua esposa. Casaram-se em 30 de agosto de 1980. Dedicaram os primeiros anos de casado na igreja. Em 1981, Deus falou claramente sobre o plano para a vida deles em Moçambique (Afríca). Em 1986 foram para Minas Gerais ministrar a vontade de Deus, na região de Cana Brava, onde tiveram suas primeiras experiências missionárias. Em 1990, já com seus 4 filhos foram para a Argentina já com a orientação de Deus. Teriam eles uma experiência na Argentina, para futuramente irem a África. Permaneceram por lá durante 11 anos. Voltaram ao Brasil no início de 2002. Em outubro de 2002, foram enfim para a África. E assim se cumpria a profecia do Senhor na vida deles...






“Estou profundamente agradecido e muito feliz por conhecer líderes comprometidos com a obra de Deus aqui no nordeste, como o Pastor Edimar, da Igreja Congregacional Pentecostal (Sede), e também o Pastor Pedro Rocha (St. São João), que estão desenvolvendo um tremendo trabalho para Deus aqui no estado do Ceará. Deus preparou essa oportunidade e eu estou muito agradecido por conhecer esse ministério, e poder cooperar também com eles, e fazer parte desta obra tão importante que está sendo realizada para Deus aqui no nordeste. Ao Pastor Pedro, que me acolheu e me tratou tão bem. Ao Pastor Edimar, e também a todo o ministério aqui em Fortaleza e no Estado do Ceará", disse.

Site do Ministério MCMI: http://www.mcmi.org.br/

1 comentários:

Daniélle disse...

ooi eu gostaria do e-mail do pastor juarez de borba, sou filha de um velho amigo dele, abraço.
sou o Benjamim.

Postar um comentário